quarta-feira, fevereiro 19, 2014

SOS Venezuela e silêncio do governo e da mídia brasileira


Há  tempos parte da esquerda mundial e, em particular, brasileira transformou-se em seita, extremamente dogmática, pautada no casuísmo e tendo como fim somente a tomada e manutenção do poder. Nada mais interessa que isso. 
O Povo venezuelano foi para ruas defender sua cidadania
Não existe povo sem um regime de liberdade!
Esse tipo de "esquerdistas" são nítidos viciados das benesses do poder, odeiam as classes médias que saíram da pobreza com esforço e investindo em estudo. Demagogicamente falam em nome dos pobres, enquanto vão enriquecendo sob os transmites estatais corrompidos. Ideologicamente criam inimigos imaginários que servem de justificativa para tudo e os eximindo de qualquer responsabilidade,daí a culpa é sempre do: capitalismo, extrema-direita, golpismo, mídia golpista etc. Essa fórmula foi importada de Cuba, que tem exportado assessores e milicianos, como os que estão atuando na Venezuela. Essa "esquerda" não tem nada de humanismo, são anti-democráticos e não defendem valores socialistas libertários, em nada querem desenvolvimento, expansão e liberação das potencialidades humanas. 

Ao invés de promover emancipação intelectual e política das pessoas, resumiram as políticas "sociais" a acesso a consumo. Isto é, o cidadão visto como mero consumidor, articulado a uma perversa e fascista fórmula de trocar benefício por direito, condicionando a liberdade de escolha e a livre opinião. A ração em troca do silêncio. Vide os programas em execução, cujo os primeiros beneficiados não são os que mais precisam, mas os mais aliados, ou peças chaves eleitoralmente como membros de sindicados e associações e cabos eleitorais. Quem está fora dessas listas e precisa, fica sem receber nada.

O que acontece na Venezuela é um delírio genocida dessa "esquerda" reacionária, autoritária e violenta. A Venezuela foi arrastada por uma onda de "inclusão" por uma distribuição em massa de bens através de uma renda mínima. Só que a alegria inicial de consumo para quem consumia pouco ou quase nada está passando. Os que não consumiam nada querem querem consumir algo mais, querem se livrar do patamar inicial da tal "inclusão". A qualidade de vida está deteriorando por todos os lados, pois a ideia de inclusão das massas no consumo não foi acompanhada de ampliação dos serviços públicos, da infraestrutura, da modernização do processo produtivo e investimento massivo em educação.  
Senhora é carimbada para poder comprar alimentos. Em uma longa fila. 
Na ruas da Venezuela concretiza um terror esquizo disseminado pela oligarquia Castro, que há tempos suplantou o lema de pão com liberdade e tornou Cuba em presídio de fome. Diversos milicianos treinados por cubanos e diversos cubanos estão agindo como polícia política na Venezuela, prendendo, torturando e matando jovens que fazem oposição ao governo de Maduro. 
Milicianos Chavistas atiram em jovens durante protestos.
Como essas cenas podem ser legitimadas em nome do socialismo e da esquerda? Como podemos achar que estamos superando a barbárie do capitalismo? Isso é um pesadelo, não é sonho de liberdade. 
Cubanos agindo como polícia política
Miliciano chavista pega jovem da periferia para infiltrar nas manifestações e produzir tumulto. Isso é uma ferramenta de todos os poderes autoritários, anti-democráticos e reacionários. Alguma semelhança? 

Por que as empresas de mídia do Brasil estão ocultando essas manifestações na Venezuela? Por que o silêncio do governo brasileiro quanto à crise na Venezuela? Quanto custará aos cofres do BNDES o silêncio da emissoras de televisão brasileira? 

Enquanto isso, o governo brasileiro aproveita-se da comoção produzida pela trágica morte do cinegrafistas da BAND, que trabalhava sem os devidos equipamentos de proteção, e encaminha um projeto de Lei que tende transformar manifestantes em terroristas. Não só isso, busca implantar um marco civil na internet que silencie os opositores, que elimine a crítica. Em qual república o cidadão não pode ser vigilante da coisa pública? Em qual democracia não há espaço para o contraditório?  O perigo já chegou aqui... e os que estão no poder detestam democracia! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É uma satisfação contar com seu comentário! Obrigado!

Hoje é Páscoa.

sexta-feira, 30 de março de 2018 12:40 Hoje é Páscoa. ·         Por Francisco José A Páscoa é uma data maravilhosa, porque rep...