Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 10, 2010

MATERNIDADE, GÊNERO E LIBERDADE.

A história do Dia das Mães ainda não recebeu uma escrita mais sintetizadora, em parte, é constituída de fragmentos sobrepostos, que vão da Antiguidade Clássica aos dias atuais, envolvendo diversos países e continentes. O certo que o dia da família, o festival da deusa Hera etc. foram convertidos no Dia das Mães. Precioso, principalmente, por ser no plural.
Ser mãe há tempos carrega uma marca de “instinto”. O tal do instinto materno. Bem, olhando pelo “olho de cobra” das ciências sociais, capacidade procriar, procriação são condições biológicas estabelecidas. No mais, as mães são socialmente e culturalmente construídas. Os elementos orgânicos são necessários, mas não são suficientes para que as diversas formas de ser Mãe possam acontecer.
A mulher, no entanto, culturalmente guarda uma condição que não é, em regra, encontrada entre os homens. Além de ser mãe uma mãe pode também ser pai. Isso, até o momento, só as mulheres efetivaram essa tarefa. Tal fato tem os condicionantes culturais d…