sábado, setembro 12, 2015

Uma questão por que a tristeza existe?

Tenho várias questões, mas duas questões sempre repito. A primeira é: Por que temos que envelhecer? Não contesto a finitude, o fato de um dia parar de existir. Não é isso. A questão é a razão de ter que envelhecer. 
A segunda questão é: Por que existe a tristeza? Qual a razão da tristeza existir? Nascemos com a tristeza ou ela é fenômeno social? 
Tem pessoas que têm verdadeiro culto à tristeza, tem gente que parece que vive em função da tristeza. A codificação da cara triste é presente em todas as culturas. Os pares reconhecer algo tão subjetivo pelos traços da face. A tristeza teria algo para além de uma função social de referência a ajuda e necessidade de acolhimento, de solidariedade e amparo? A tristeza tem algum elemento autônomo e não social? A tristeza pode se impor sem que haja escolha do indivíduo? E para quê? 
A tristeza será um indício de estarmos em uma etapa ainda muito inferior ou é um mero acidente do acaso? 
Só sei que os tristes existem e a tristeza deles às vezes parece ser tão desnecessária aos outros olhos. 
Para quê a tristeza existe?

Hoje é Páscoa.

sexta-feira, 30 de março de 2018 12:40 Hoje é Páscoa. ·         Por Francisco José A Páscoa é uma data maravilhosa, porque rep...