Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 8, 2016

O Carnaval como negação

O Carnaval já foi objeto de estudo da moda nas academias. Quando cheguei nesse universo era moda uma interpretação "antropológica" de Roberto DaMatta. E eis que para aquele conjunto de seguidores e fãs desse antropólogo todos os Carnavais do Brasil era um só e cabendo exato naquela palavras. Li a obra do senhor DaMatta e não vi nada dos meus Carnavais e nem da minha experiência e vivência de Carnaval. Vi que naquela visão existia uma forma de expressão e apropriação e, eu, nunca consegui ver o Carnaval como uma forma exata de manifestação e apropriação. A tal da inversão tão enfatizada pelo antropólogo supracitado cabe tanta relatividade quanto as leituras sobre as diferentes culturas. O Carnaval tem um universo de possibilidade de ser vivido, percebido e negado. Assim é feita minha humilde noção de Carnaval.  O Carnaval sob todas as formas é fantasia. Fantasiar está presente em qualquer cultura, mas essas nossas fantasias e seus desdobramentos é que são diferenciadores (part…