Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março 10, 2013

Consumidos da Arte

Admiro muito a perseverança e ânimo de espírito de alguns cantores de bares, restaurantes e churrascarias. Que postura de determinação, é o que penso sempre que os vejo.
Há tempos venho observando uma situação peculiar e recorrente na vida desses profissionais: cantar para a ausência, sem público. Pois é, em diversas datas e locais dessa cidade já testemunhei um cantor cantando sem ninguém nas mesas. Porém, o que mais me atordoa é a situação dos que cantam para uma multidão de indiferentes. 
Ontem encostei em uma churrascaria para comer um pedacinho de carne e vi exatamente isso. O rapaz anunciava as próximas canções, terminava um e iniciava outra, mas ninguém aplaudia. Então virei minha cadeira e fiquei observando as pessoas presentes no ambiente. Nossa, fiquei espantado. Ninguém olhava na direção do cantor. Sem palmas e sem olhares. Pensei: vou bater palmas e romper com essa indiferença. Pensei novamente: essa atitude pode me custar a vida.
O salão da churrascaria estava cheio de telas…