Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho 26, 2011

CASTELO SUPERA SEU ALTER EGO (GARDÊNIA): CONTRIBUIÇÃO CRÍTICA PARA UMA PSICANÁLISE DO BURACO

Todas as colocações e observações aqui feitas são restritas ao homem público, aos compromissos e obrigações de quem está no exercício de poder público. Não nos interessa vida particular.
O outro íntimo e oposto (de gênero) do senhor Castelo é sua esposa Gardênia. Dizendo de outra maneira: a senhora Gardênia é versão política-administrativa feminina de Castelo. Para Lacan o outro é (entre várias definições que deu para o mesmo termo): “o lugar de onde pode ser colocado, para ele, a questão de sua existência”.
Castelo acaba de superar o Caos da administração de sua esposa, cujo ponto emblemático foi a invasão e o incêndio do prédio da prefeitura. As distorções do ego que levaram o prefeito a ultrapassar o seu alter ego, conquista negativada, é fruto da impossibilidade de amputar o elemento essencial da estruturação de seu próprio ego político: o sarneísmo.
Isso provocou uma necessidade compulsiva de camuflar sua ingratidão para com seu criador político, já que não pode se livrar da sua e…