terça-feira, novembro 30, 2010

Uma rapidinha: Pontuando Política & Curiosidades

Ministério Público Federal quer investigação no programa Minha Casa, Minha Vida. O MPF desconfia de formação de cartel e já enviou ofício à Secretária de Defesa Econômica. Se o MPF se dedicar mesmo a investigar esse Minha Casa, Minha Vida...em todos Brasil vai encontrar irregularidades e favorecimentos de toda ordem. O dinheiro está vazando pelo ladrão!

O site da Wikileaks revela mais documentos e mostra que as embaixadas americanas são pontos de espionagem. Em documento os USA reclamam do Brasil pela a ausência de uma legislação definindo terrorismo. Ver no wikileaks.org.

Dilma ensinou política marxista-leninista aos trabalhadores. A presidente queria conscientizar o proletariado para mudar o Brasil. O tempo conserta muitas coisas. A campanha foi feita em cima das conquistas econômicas, leia-se: pujança capitalista. Classe C consumindo mais. Além disso, pediu voto para Roseana Sarney, fóssil da ditadura o do mandonismo. É o que diz o ditado: “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”.

A usina de Estreito. Já começou a encher o reservatório. Lula bateu a mão no botão. Hidroelétrica energia limpa, mesmo apresentando alguns problemas como inundação de enormes áreas, deslocamento e remoção de comunidades. Agora..soa estranho a termoelétrica em Miranda, e as que querem instalar em São Luís. Qual é o esquema? Termoelétrica é a coisa mais ultrapassada e poluente que existe. Quem está lucrando em cima dessa tragédia? Por que não se investe em energia eólica, solar e de força marinha? No Maranhão não existe consumo para toda essa oferta, o que há é um esquema de liberação para implantação desses monstros poluidores que são as termoelétricas.

Festival de gastronomia no Mercado Central. Falta garantir condições em termos de higiene, segurança e atendimento. O chão há tempos não é lavado, mendigos, jovens drogados a todo instante caem sobre a mesa pedindo um pouco da comida, no final você fez uma boa ação humanitária, mas volta com fome, pois tem que dar a comida toda.

Já fui agredido verbalmente por uma senhora “proprietária de um restaurante” do Mercado Central. Motivo: sentei na “cadeira dela” e tinha feito um pedido no restaurante vizinho. Não vi as “diferenças” nas mesas e cadeiras, sentei para esperar minha comida. Antes de ser avisado ou informado, fui agredido verbalmente por essa senhora, “dona do pedaço”!
Os espaços públicos de São Luís são todos privados. São nesses espaços que você é mais violentamente maltratado. Nítida cumplicidade da Prefeitura para dando continuidade ao velho esquema de apadrinhamento e clientelismo nas licenças. Só fica e só exploram esses lugares os aliados, os cabos eleitorais do prefeito e dos vereadores. Herança do domínio jacksonista na prefeitura.

Hoje é Páscoa.

sexta-feira, 30 de março de 2018 12:40 Hoje é Páscoa. ·         Por Francisco José A Páscoa é uma data maravilhosa, porque rep...