Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 12, 2010

JOGO DA AMARELINHA

Conheci esse jogo na infância, em Itapecuru, minha cidade natal, lá esse jogo recebia o nome de Cã-cão. No Brasil, o tradutor da obra de Julio Cortázar, adotou a forma usada na região sudeste, especialmente no Rio: jogo da amarelinha. Não importa isso agora... Vamos de amarelinha (sem matar o Cã-cão). Não tenho suporte intelectual para esmiuçar o significado e a importância dessa obra de Cortázar, mas, do pouco que apreendi dela, levou-me a tomar de empréstimo a ideia do jogo da amarelinha e metaforizá-lo enquanto recurso interpretativo.

Amanheci com a lembrança de O jogo da amarelinha, a obra de Cortázar. Tive contato com essa obra na década de 80 ou início da década de 90... Sei lá! Já está ficando difícil precisar certas coisas. Desde o contato inicial a considerei intrigrante e desafiadora.

O que importa é dizer que agora percebi o recurso (o jogo da amarelinha) com plausível na interpretação da nossa configuração política. Destaco os motivos:
- O jogo da Amarelinha é constituído por…