Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 23, 2014

Roseana, o medo do passado e a TRAIÇÃO de quem

Se tem algo já exaustivamente especulado e cheio de previsões é a renúncia da governadora Roseana Sarney. Como o Maranhão sobrevive de lendas e misticismos, vou tentar fazer meu papel de maranhense: produzindo o mais puro alimento desse ideário animista e supersticioso.
A exatidão da Política é sua perfeita inexatidão em múltiplas formas e processos. O pensar "político" no Maranhão é o pensar na forma de uma teologia de dominação, que esvazia as relações de poder, consenso, cooperação e decisórias de suas dimensões cívicas, sociais e históricas. 
A renúncia ou a permanência à frente governo, até o término do mandato, revela que Roseana esteja com medo de ter medo? 
O medo faz parte da sobrevivência de qualquer indivíduo. Não ter medo é abdicar de um mecanismo de defesa extremamente útil à sobrevivência. Nesse tipo de "política" (processos de disputa e partidarismo em torno do controle do poder) desconsiderar elementos presentes e ignorar os exemplos do passado é aumen…