Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março 17, 2012

O LIXO COMO ALIMENTO PARA OS COMEDORES DO ERÁRIO PÚBLICO

Não é uma atitude responsável aceitar esse tipo de descarte de lixo/entulho domésticos e empresariais em áreas verdes, ou que deveriam ser verdes. Principalmente quando essa área está situada em um bairro carente de áreas livres para o lazer e práticas de exercícios físicos e de relaxamento.
A manutenção e construção das condições de permanência e uso desses espaços cabem ao poder público. Trata-se de um investimento na qualidade de vida dos cidadãos. São Luís é carente de praças e parques. O cidadão está cada vez mais confinado ao seu lar ou aos shoppings.
Esses lixeiros, por incrível e absurdo que pareçam, são ao lado das residências de um conjunto habitacional. Isto é, de um espaço residencial que nasce de uma intervenção “planejada”. O pior é a falta de investimento nessas áreas. O poder público ao invés de coibir e dificultar essas ações, a administração municipal faz é facilitar. Pois toda vez que vai recolher o lixo cria ou amplia os espaços de acesso e despejo nesses terrenos.…