terça-feira, agosto 28, 2012

O Ministério do Turismo e nós.



São Raimundo dos Mulundus - resistência dos grupos sertanejos. Primeiro quiseram colocar uma máscara branca no santo Negro... depois, sucessivamente quiseram apagar a imagem do vaqueiro negro milagreiro, santo, mas nada disso funcionou. O p
ovo firmemente comemora o Raimundo vaqueiro. 

Pergunto: o que importa o ministro do turismo ser maranhense? Não defendo privilégios. Porém, nessa área... estamos no patamar do descaso. O senhor ministro maranhense, deveria, sem privilégios, nos tratar normalmente.. como os demais estados da federação. Onde está o incentivo ao turismo de eventos? 

Ano após ano esse festejo atrai pessoas de diversos estados e dos demais municípios maranhenses. Mas sempre acontece na forma de sacrifício. É uma celebração popular de homens e mulheres vinculados à religiosidade sertaneja. Quem nunca viu.. precisa ver. Tem que conhecer a romaria dos vaqueiros na Paulica. 



Apesar da tradição, grandiosidade e beleza... nunca recebeu a atenção governamental devida. Sobrevive porque esses cidadãos são incansáveis em resistir contra os que tentam ignorar e desprezar seus sentimentos e expressões culturais. 

O Festejo tem um enorme potencial turístico e essas pessoas merecem respeito, o nosso povo precisa ser valorizado. Esse evento já devia ter entrado no calendário turístico brasileiro, como turismo de evento. Porém, todos anos são as mesmas precariedades e dificuldades de realização e funcionamento: água, banheiros, segurança, sinalização...
Na foto: barracas montadas para o dia da cavalgada, que ocorre no povoado Paulica (já aconteceu). O festo ocorre entre os dias 22 - 31 de agosto.
Por que não valorizar essas manifestações?

Hoje é Páscoa.

sexta-feira, 30 de março de 2018 12:40 Hoje é Páscoa. ·         Por Francisco José A Páscoa é uma data maravilhosa, porque rep...