Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 28, 2010

QUEM FAZ CALAR, CALA-SE!

Desconfio de democratas  que consideram a liberdade e a pluralidade como objetos de conveniências e não como elementos estruturadores do regime político. Liberdade e pluralidade são princípios, não são alegorias descartáveis sob pretextos.
Ciro Gomes está longe de ser o dono da verdade. Mas é necessário compreender que viver liberdade e pluralidade exige tolerância. Os dissonantes acabam fazendo parte da música geral. Os aliados não podem ser só os que concordam. Se todos olharem somente de um ponto, no mínimo, o grupo está abdicando de ver o todo pelas múltiplas possibilidades de ser visto. Quem só olha de um ponto dificilmente verá o todo, principalmente em realidades que não sejam bidimensionais.
A redemocratização ocorrida pós 80, do século passado, não se deu no mesmo ritmo em todas as frentes, em todos os segmentos do campo político e da vida do povo brasileiro. Sobre esse particular dediquei vários parágrafos de minha tese. Por exemplo, o sentimento de democracia que prevalece …