domingo, outubro 09, 2011

AEROPORTO E OUTROS CARTIADOS



Aonde vai essa obra? Difícil saber ou imaginar. Pelo volume de recursos não é obra só para trocar umas besteiras não. Custoso é acreditar que tudo vai resultar em uma cobertinha nova no portão de entrada. Com dez milhões é possível algo melhorzinho.

Há indícios que essa obra tem pela frente uma privatização. Não causará espanto algum se um grupo estrangeiro aparecer para comprar esse aeroporto "reformado". Sabemos que grupos estrangeiros gostam de comprar empresas maranhenses. Vide Cemar (100%) e Mateus (40%).

O custo da "reforma" é de mais de dez milhões de reais, dinheiro que pode propiciar instalações com razoável conforto e segurança. Porém, desconfio que essas melhorias sejam de caráter vip; não são coisas para o deleite dos cidadãos comuns. Isso tudo servirá  exclusivamente os cidadãos incomuns.

Custa ao cidadão comum (pagador de impostos, que ocupa funções através de currículo e concurso) acreditar na seriedade das instituições públicas, ou melhor, nos agentes envolvidos nos processos de administrar a coisa pública, ainda mais diante de tais reformas. Como uma reforma custa 10 milhões? Como um aeroporto ruiu em tão pouco tempo? 

O país é rico, muito rico, pois para aguentar sustentar tudo isso. O que falta mesmo é moralidade, transparência ou como se dizia “antigamente”: “vergonha”. Dinheiro temos muito, mas só que em mãos erradas! 

Hoje é Páscoa.

sexta-feira, 30 de março de 2018 12:40 Hoje é Páscoa. ·         Por Francisco José A Páscoa é uma data maravilhosa, porque rep...