sábado, agosto 24, 2013

Qual saúde? A quem serve importação de médicos?


Sou totalmente favorável a qualquer medida que garanta o acesso ao atendimento médico e, acima de tudo, medidas que garantam o direito à saúde.  O que não posso ignorar é o próprio caráter de importação que essa medida do governo Dilma tem. Isso já revela que não há program e política de saúde no Brasil à altura de nossas necessidades. Que país vai viver importando profissionais de um setor tão crucial e estratégico?Que grau de desenvolvimento tem esse país? Enquanto política de Estado isso é acertado? 

Não se pode condenar oligarquias aqui e fechar os olhos para a de Cuba, não podemos condenar ditadura e terror político e ignorar 500 presos políticos existentes em Cuba, não podemos querer nossa saúde e justiça social sobre os escombros da dignidade de profissionais que vão atuar sob o controle político de uma ditadura, mesmo atuando dentro de nossas fronteiras. Isso é sádico. Perguntem-se: como um país como Cuba mobilizou 4 mil médicos para enviar para o Brasil? Como ficam os familiares desses profissionais e quanto cada um receberá da ditadura cubana?  Só a presença do médico garante saúde? 

Que saúde é essa concebida pelos atuais governantes do Brasil? Quais suas metas? Vamos ficar importando ou vamos buscar mudar a gestão de saúde pública no Brasil? Importar médicos até quando? Por que não formamos mais profissionais e com melhor qualificação? Por que não desenvolvemos centros de excelência em saúde pública?  Isso tudo é fruto de uma irresponsabilidade acumulada nos últimos 20 anos. Faltam projetos e metas que compreendam políticas estratégicas de Estado. No lugar disso, proliferam um emaranhado de medidas e ações pontuais emergenciais dentro de um sistemas com baixíssimo graus de eficácia e de aperfeiçoamento continuado. O que é o SUS na prática? 

Tudo bem...todos queremos médicos nos lugares mais distantes e onde residem os mais pobres. Muito bem. Mas o que farão mesmo lá e com quais recursos? Vão ajudar na organização de jovens milicianos pró-governo (nos moldes venezuelano)? Os médicos importados atuarão só na medicina preventiva? E quem vai acudir os pobres na parte curativa etc.? Em quais macas as jovens irão parir? Ou a calçada do hospital fica mais humanizada para parir só com a presença do médico cubano? 

O governo do PT deu asilo político a um criminoso condenado pela justiça italiana, mas não dará asilo político a nenhum médico importado. Pois é, a ditadura Castro continuará em nosso solo. Porém, eles poderão participar de manifestações pacíficas (afirmou o advogado-geral "da União"). Manifestação pacífica a favor de quem? 

Esse modelo de contratação e o exercício da atividade seguindo os parâmetros da ditadura cubana não se concilia com várias conquistas que obtivemos com o retorno à democracia. Nem com a nossa legislação trabalhista. 

Quem tem acesso à tratamento de saúde no país? Qual classe média está se deleitando em acesso ao  atendimento médico? Quem tem seus direitos garantidos diante desse planos de saúde? O que o governo tem feito para combater o calote dos planos de saúde? 
Saúde pública tem que ser para todos e em todo e qualquer lugar.

Detalhe: 90 cidades do Maranhão podem receber médicos. o Maranhão possui 217 municípios. 

Hoje é Páscoa.

sexta-feira, 30 de março de 2018 12:40 Hoje é Páscoa. ·         Por Francisco José A Páscoa é uma data maravilhosa, porque rep...