sexta-feira, julho 08, 2011

O CASTELO MEDIEVO

Ontem a tarde na Av. dos Franceses, após uma pequena chuva. 


Como comemorar os 400 anos de São Luís?
Monumentos? Esse monumento retrataria o que? A saga dos colonizadores? Os colonizadores já estão mais que celebrados: Av. dos Franceses, dos Holandeses, dos Portugueses etc. Aqui tudo é em louvor aos europeus... Essa adoração aos europeus é tão grande que já chegaram a dizer que São Luís parece com Paris. O comparador não deve ter percebido que as ruas de Paris não ficam inundadas. Duzentos anos atrás galerias foram construídas para recebem as águas pluviais. Essas galerias datam do final do século XIX. Ou será que essa comparação foi fruto de uma visita ao interior das galerias, onde a cloaca pode ser vista descendo?


São Luís está em uma situação deplorável, bem longe da Ilha das Flores ou da Atenas. Cresce a marca do descaso nas avenidas, praças e áreas verdes. Essas últimas viraram alvo da grilagem imobiliária e de barracas. Não existe uma área verde que a população possa estar com segurança e com recursos para sua estada. Os bairros são carentes de espaços de lazer e recursos para atividades físicas. Onde você pode levar uma criança para passear? Praia. E depois? Shopping. Mas como a grande maioria não pode ir todos os finais de semana ao shopping nem à praia. Resta o que? Nada. É isso. Os eventos e atividades artísticas são inconstantes e de acesso restrito.

A limpeza tem decaído, o asfalto é imprestável e a drenagem das ruas é uma vergonha. Ao mesmo tempo em que indivíduos entulham canais naturais de escoamento de água pluvial; construtoras desmatam áreas inteiras; condomínios são implantados em qualquer local, criando descontínuos e em locais sem rede de esgoto; impermeabilização excessiva e poluição e aterramento progressivo dos rios. Basta uma pequena chuva e as ruas viram piscinas...

Alamedas servem de estrebaria, escritório e depósito de vendedores ambulantes. Existem postos de   táxis nos locais mais impróprios possíveis; concentração de sinais de uma lado e ausência completa em outros locais; falta transporte coletivo de massa; não uma só passarela em toda cidade e os viadutos, em quase sua totalidade, são obras incompletas e ineficazes.
Como essa cidade vai comemorar  seus 400 anos? Construindo um grande monumento em uma praça ou fazendo altos investimentos em melhoria e ampliação da infraestrutura? É claro que esses que aí estão atravancando nosso caminho irão investir em circo! Para esse circo nada melhor do edificar um castelo medievo bem no seu centro! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É uma satisfação contar com seu comentário! Obrigado!

Hoje é Páscoa.

sexta-feira, 30 de março de 2018 12:40 Hoje é Páscoa. ·         Por Francisco José A Páscoa é uma data maravilhosa, porque rep...