Pular para o conteúdo principal

Um por Todos e Todos por um (lucro): FIFA, CBF,Governo Federal


A copa do Mundo no Brasil foi uma vaidade de Lula, uma excentricidade irresponsável que torrou bilhões do erário e ajudou a quebrar o país. Não quase nada de investimento e boa parte dessas arenas é prejuízo certo e elefantes brancos. A copa quando ocorreu nos USA o governo americano não construiu nenhum estádio. Aqui um esquema obscuro (vide a Lava Jato) com empreiteiras fez todos os nossos grandes estádios ficarem emprestáveis e impróprios. Aí começa um monte de construções de estádios. Absurdo!. O argumento que essas construções seriam seguidas de melhorias na mobilidade urbana, segurança, comunicação etc. etc. Como já sabido, como pessoa ainda em gozo de suas faculdades mentais pode perceber, exceto os esquerdofrênicos governistas, nada disso aconteceu. A parte de melhorias do entorno das obras e os investimentos em transporte e segurança não passaram de promessas de enganação. 

As partes mais escandalosas da mentira construída para legitimar a copa do mundo de futebol no Brasil: a- dizer que as obras seriam feitas em parceria com entidades privadas e, logo, parte dos recursos seriam do setor privado. Mentira!!! As obras foram feitas, o que foi feito para ser exato, com 97% de recursos públicos. Tudo isso com obras superfaturas em 50% a mais do custo real (dados TCU); b- a lei da copa, verdadeira suspensão da ordem democrática e legal do país, pois criou exceções absurdas, dentre elas a vergonhosa e criminosa a isenção fiscal dada à FIFA. A lei foi questionada pela sua constitucionalidade, mas o STF foi favorável a essa lei e, óbvio, que o relator favorável foi Lewandowski. Isto é, estamos em um situação institucional crítica. 

A última Copa no Brasil foi a copa com maior lucro para a FIFA, atingindo a cifra de R$ 16 bilhões (US$ 5 bilhões). O esquema de favorecimento foi geral e irrestrito. Mas essa Copa teve um pai e ele não pode ser esquecido: Lula. 

Agora os USA resolveram entra na FIFA. É isso mesmo, o negócio do futebol move muito dinheiro e os americanos perceberam que o grupelho de velhacos que controlam a FIFA prejudicam os negócios de quem quer concorrer no mercado. Os esquemas são danosos às empresas americanas. E, o principal,  estão envolvidos em lavagem de dinheiro. Os americanos cultivam uma aversão a capitalista sonegador e a lavagem de dinheiro é também forma de sonegação. Logo se tornou um triplo problema para os americanos que estão investido alto no futebol, com diversas ligas reativadas, investimento em contratações e publicidades. Os americanos vão aceitar tudo menos ficar fora dos lucros do futebol. Quem tem acompanhado pode observar que as rodas do campeonato americano estão levando mais público aos estádios que o campeonato brasileiro, hoje em plena decadência. O Brasil tem a filiada da FIFA mais cheguei de negócios obscuros: CBF. 

Vamos ver até onde essa investigação do FBI vai, pois as condições e artifícios para essa copa de 2014 ter sido realizada no Brasil estão sob total escuridão. O envolvimento do Governo Federal com os cartolas foi para lá de intenso. Era tudo na base do "Um por todos e todos por um" (lucro). A famosa fala de Dilma dizendo: "Meu governo é padrão Felipão." Traduzindo: 7 (corrupção) X 1 (povo). Até quando o pai da copa vai ficar dizendo que não sabia de nada?   

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AÇÃO DIRETA E LEGÍTIMA DEFESA PACÍFICA

Green Politics must become the Politics of the Regions – all the Regions, from the celestial to the subterranean. Let the next Gathering of the Greens conduct all its business in poetry. This will foreshadow the day when America will be Green. Even better, the day when for a small fee we do an international name exchange and America becomes a large frozen island, while Green Land extends from sea to shining sea. The day when Green Politics rules. The day when the President pantomimes the Inaugural Address and sings the State of the Union in falsetto. The day when the Supreme Court sits naked in powdered wigs and hands down rulings in Pig Latin. The day when the Congress throws a multi-party and dances all the Laws out of existence.(Trecho do The Surre(gion)alist Manifesto , John P. Clark)
É preciso ultrapassar as formas mórbidas e dilacerantes da política atual. Não adianta só as contestações, enquanto persistir seus mecanismos genocidas e desumanizantes é necessário agir diretamente s…

Governo de Flávio Dino rumo ao último biênio

Tive uma educação libertária, isso já é suficiente para não adorar ídolos, heróis e nem acreditar na doutrina da "vanguarda revolucionária", o que entraria em conflito direto com as percepções e entendimentos que tenho sobre o que é História. Logo não tenho vocação a discípulo, a servo, a escravo e nem a puxa-saco ou lacaio. Minha torcida é cívica e republicana pelo governo, pela governabilidade e governança que, cumprindo os parâmetros de governo da lei, responda às necessidades do povo e aos negócios públicos com responsabilidade, competência e publicidade.
Em democracia a crítica e a contestação são direitos do cidadãos não é uma dádiva do governante. A contestação e o reclame não precisa de um aceite prévio ou concessão do ocupante do poder. Assim, a esfera da democracia guarda tensões e um certo nível de dissenso. A discordância não precisa estar fundamentada ela é. Isso difere de acusações em atos e procedimentos que configurem como crimes. A crítica, longe de ser uma …

Ação Penal 470 - Filhos do Brasil

                                         Por  Washington Ribeiro Viégas Netto*

"Quando o homem inventou a roda, logo Deus inventou o freio. Um dia, um feio inventou a moda, e toda a roda amou o feio". Zeca Baleiro.

Tenho acompanhado com especial atenção o julgamento do mensalão pela nossa mais alta corte de justiça, o STF. Penso que o resultado ali proclamado nos dará uma medida atual do quanto já nos distanciamos da pecha “república de bananas”; forma de governo que ainda persiste em países destas latitudes. No decorrer de todos esses anos em que tramita o processo, tem sido uma rara oportunidade de o Brasil reafirmar a força e solidez de suas instituições, soberanamente constituídas, quando confrontadas com um, ao que tudo parece, projeto de poder que, por meio de um conhecido método de aparelhamento estatal, tentou um processo de clivagem dessas mesmas instituições. Porém, antes mesmo de iniciado o julgamento, acredito que o saldo é favorável ao Brasil. O Supremo é composto d…