sábado, outubro 04, 2014

Inédito: debate político vira auto-exorcismo

Essa campanha já tem seu próprio mal.para seu dia. Foi uma campanha deplorável em todos os sentidos. Não empolgou, não foi pedagógica e não despertou o prazer pela política. Ao contrário disso, despertou o nojo, a aversão e a associação da política com desonestidade e pessoas sem escrúpulos. Resumindo... política não presta! 

Desde o início a campanha foi tomada por um excesso de baixarias e, como consequência, os debates não tiveram consistência e de pouco foco na ordem pública. Aqui predomina um embate pessoal sem ideias, as propostas são muito genéricas e algumas fantasiosas. Porém, como se não bastasse esse mal para tal dia, eis que veio o excesso de tudo: um candidato a governador encenando uma pregação exercita sobre si mesmo um exorcismo.. Foi  o primeiro auto-exorcismo religioso com efeito político. 

Essa campanha tem que ficar como símbolo do fim de uma época e um passo para a dissolução do mandonismo no Maranhão. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

É uma satisfação contar com seu comentário! Obrigado!

Hoje é Páscoa.

sexta-feira, 30 de março de 2018 12:40 Hoje é Páscoa. ·         Por Francisco José A Páscoa é uma data maravilhosa, porque rep...