sábado, agosto 03, 2013

Sarney e superlativo absoluto sintético da ironia do "destino": dengue



Um monte de post desejando a morte de Sarney..mil piadinhas com o mosquito etc. Cadê a crítica política? O óbvio disso tudo é que essa propaganda toda que a saúde do Maranhão vai muito bem É DUVIDOSA. Se ele que vive em área residencial privilegiada foi picado, o restante da população está muito mais vulnerável à dengue. Piada boa é: Cadê a grana para combater o mosquito da dengue? O que o governo do estado está fazendo para combater a dengue? E ..por fim.. dizer: Sarney foi vítima do seu próprio mando político prolongado no Maranhão. Ir a óbito por conta do resultado de sucessivos governos ruins... seria o superlativo absoluto sintético (regular ou irregular) da ironia do destino. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É uma satisfação contar com seu comentário! Obrigado!

Hoje é Páscoa.

sexta-feira, 30 de março de 2018 12:40 Hoje é Páscoa. ·         Por Francisco José A Páscoa é uma data maravilhosa, porque rep...