segunda-feira, outubro 22, 2012

Sonho e questão de classe



Sonho e questão de classe..
Tenho um sonho.. de infância... descer o rio Itapecuru... desde a nascente.. até a baía de São José. Recentemente.. fiquei cheio de esperança. Bateu aquele otimismo: vou realizar esse sonho. Por que esse otimismo? Estava assinto o Jornal Hoje, da Globo... por ele fiquei sabendo que a indústria náutica estava de olho na classe C. Entre tantas coisas maravilhosas que mostraram... apareceu uma lancha de banco de couro, com equipamento de navegação, motor etc.... e tudo por R$ 23.000,00. Além da vantagem do pagamento parcelado. Nossa... pensem em uma alegria. Pensei: deve ter algo mais baratinho para a classe D ou E... Esperançoso já estava me incluindo nessas classes. Crente que ia achar um barquinho "mais baratinho". Fui ao mundo das compras.. Revirei os sites. Depois pisei no chão e resolvi circular o comércio local. Nada compatível ao tamanho do meu "poder aquisitivo". Not para o bolso de Francisco. Depois de várias frustrações... já me sentindo classe F (de francisco)... vejo esses barquinhos em uma loja. Fiquei muito alegre... poxa... enfim a mercadoria da minha classe. Olhei.. imaginei como usar.. que equipamentos poderia ser levados em tal aventura, nome da expedição etc. Bateu a curiosidade de ver o preço... Puzt!!! Para que fui fazer isso? Pergunto-me até hoje. Estava tão alegre. Lá se vai eu despencando em sonho e classe social. O preço me fez ver que nem esse barquinho está ao alcance do meu consumo. O que começou com a ilusão de ser classe D... foi baixando para F... e, em um instante, transformou-se no clarão do Z. 
É...! Sonhos existem, fetichismos existem e pobrezas também existem... e podem aparecer de forma combinada, "como síntese de múltiplas determinações" kkkkkkkk, em uma bela uma loja de shopping.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É uma satisfação contar com seu comentário! Obrigado!

Hoje é Páscoa.

sexta-feira, 30 de março de 2018 12:40 Hoje é Páscoa. ·         Por Francisco José A Páscoa é uma data maravilhosa, porque rep...