Pular para o conteúdo principal

DARWINISMO POLÍTICO LULISTA

Em Estreito (MA) - Lula protagonizou uma cena inesperada para quem vai sair da Presidência com um índice de aprovação altíssimo, "nunca visto antes na história". Então, que fez o Presidente ficar tão irritado no Maranhão? Por que estava tão inquieto e sem humor?

Quem pensa que a irritação de Lula foi só com a pergunta sobre a “oligarquia Sarney” está enganado. O Presidente também não foi nada tolerante quando teve que responder sobre as mensagens do wikileasks, que revelam farpas entre dois ministros seus.

No ápice de sua irritação, Lula enganchou o evolucionismo e a política em só sopro de repente. O que devem ter pensado, no além, Platão, Aristóteles, Maquiavel e Darwin? Difícil saber, mas deve ter ocorrido um ai, ai, oiô, oiô ou algo assim. Aqui, é óbvio, virou uma tese na cabeça da Marilena Chaui.

Lula estabeleceu, no Maranhão, essa nova teoria evolucionária, partindo do pressuposto que tudo que é contra Sarney é um estado atrasado, ou estágio inferior da evolução política. Não bastando ele crer, quer que todos acreditem na sua crença. Lula detesta ser contrariado.

O homo sarneyus, segundo Lula, seria o estágio mais avançado da evolução política, o ápice do zoon politicus.

Nessa concepção evolutiva vale tudo para permanecer no poder, sobrevivem os mais espertos, os mais sem coerência e os que mais fogem de princípios.

Lula tem vários méritos, mas a irritação não vai tirar da sua biografia que foi o Presidente mais fiel ao maior oligarca depois de 1930 e a herança mais destacada do período ditatorial. Eis o genuíno darwinismo político lulista!

Nem todos têm essa evolução ou querem merecer tal coisa! Muitos são os que preferem a situação primitiva da coerência e da não-relativização de todos os seus princípios!
Eis a questão, Presidente!

Comentários

  1. Podemos discutir com seriedade a tal de "Teoria de Darwin", um mal apanhado de incongruências, ainda que enfiada na tenra cabeça de estudantes que passam a considerá-la uma "veerdade".
    Enfim, isso de SABER PENSAR não é para todos.
    Mas sem dúvida o caminho inverso da "Teoria da Evolução" está perfeitamente presente em toda a defecação verbal do apedeuta, permanente candidato messiânico a ele mesmo.
    Mais uma vez e via MARANHÃO (terra de tantas glórias e tradições, a par do malsinado e corrupto comprador de cadeira na ABL), comprova-se que o símio mais rudimentar que hoje "preside" o Brasil, descende do que foi ser humano, quando expelido para o planeta.
    É o "anti-Darwin".

    ResponderExcluir
  2. Caro Lucas,
    Muito obrigado pela visita e comentário.

    Caro Apóstolo,
    Obrigado..pelo comentário. Em 2006 (tese) fiz algumas observações...sobre essa vocação messiânica do nosso Presidente:
    "Lula-karai profetiza para preencher o fracasso da política, mais precisamente para anunciar a salvação do mal, que é a própria política. A sua profecia é também o aprofundamento da falência do fazer política na sociedade brasileira.(...)
    Vê-se através das últimas pesquisas de opinião que as camadas médias urbanas aos poucos voltaram a manifestar seu apoio a Lula, dando início, ao parece, a um Lulismo" (p. 178)
    O texto completo está na biblioteca digital da UNESP.
    Valeu!!!

    ResponderExcluir
  3. O resultado da "evolução" lulista é um presidente que pensa que é o dono das verdades absolutas, perfeito, com ar superior, acima dos mortais, um verdadeiro salvador. Quando posto com a verdade, a frente, tem se mostrado um amor pelo poder que faz lembrar nomes da história que foram sucumbidos pelos erros. Aproveitar a pobreza de um estado como o Maranhão para ser uma muleta de um "projeto maior" e apoiar a familia Sarney é a mostra do que se transformou um homem aprendiz de Deus.

    ResponderExcluir
  4. Não sei o que Platão, Aristóteles e Darwin pensariam, mas quanto a Maquiavel ... Duvido muito que Lula tenha lido Maquiavel, mas como disse o prof. Ed Wilson hoje no minicurso de Jornalismo Politico no IV Simpósio de Comunicação da região Tocantina em Imperatriz-MA, Lula fez tudo de acordo com Maquiavel. Portanto...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

É uma satisfação contar com seu comentário! Obrigado!

Postagens mais visitadas deste blog

AÇÃO DIRETA E LEGÍTIMA DEFESA PACÍFICA

Green Politics must become the Politics of the Regions – all the Regions, from the celestial to the subterranean. Let the next Gathering of the Greens conduct all its business in poetry. This will foreshadow the day when America will be Green. Even better, the day when for a small fee we do an international name exchange and America becomes a large frozen island, while Green Land extends from sea to shining sea. The day when Green Politics rules. The day when the President pantomimes the Inaugural Address and sings the State of the Union in falsetto. The day when the Supreme Court sits naked in powdered wigs and hands down rulings in Pig Latin. The day when the Congress throws a multi-party and dances all the Laws out of existence.(Trecho do The Surre(gion)alist Manifesto , John P. Clark)
É preciso ultrapassar as formas mórbidas e dilacerantes da política atual. Não adianta só as contestações, enquanto persistir seus mecanismos genocidas e desumanizantes é necessário agir diretamente s…

Governo de Flávio Dino rumo ao último biênio

Tive uma educação libertária, isso já é suficiente para não adorar ídolos, heróis e nem acreditar na doutrina da "vanguarda revolucionária", o que entraria em conflito direto com as percepções e entendimentos que tenho sobre o que é História. Logo não tenho vocação a discípulo, a servo, a escravo e nem a puxa-saco ou lacaio. Minha torcida é cívica e republicana pelo governo, pela governabilidade e governança que, cumprindo os parâmetros de governo da lei, responda às necessidades do povo e aos negócios públicos com responsabilidade, competência e publicidade.
Em democracia a crítica e a contestação são direitos do cidadãos não é uma dádiva do governante. A contestação e o reclame não precisa de um aceite prévio ou concessão do ocupante do poder. Assim, a esfera da democracia guarda tensões e um certo nível de dissenso. A discordância não precisa estar fundamentada ela é. Isso difere de acusações em atos e procedimentos que configurem como crimes. A crítica, longe de ser uma …

Ação Penal 470 - Filhos do Brasil

                                         Por  Washington Ribeiro Viégas Netto*

"Quando o homem inventou a roda, logo Deus inventou o freio. Um dia, um feio inventou a moda, e toda a roda amou o feio". Zeca Baleiro.

Tenho acompanhado com especial atenção o julgamento do mensalão pela nossa mais alta corte de justiça, o STF. Penso que o resultado ali proclamado nos dará uma medida atual do quanto já nos distanciamos da pecha “república de bananas”; forma de governo que ainda persiste em países destas latitudes. No decorrer de todos esses anos em que tramita o processo, tem sido uma rara oportunidade de o Brasil reafirmar a força e solidez de suas instituições, soberanamente constituídas, quando confrontadas com um, ao que tudo parece, projeto de poder que, por meio de um conhecido método de aparelhamento estatal, tentou um processo de clivagem dessas mesmas instituições. Porém, antes mesmo de iniciado o julgamento, acredito que o saldo é favorável ao Brasil. O Supremo é composto d…