domingo, outubro 31, 2010

ABSTENÇÃO: precisamos investigar


Esse segundo turno vai ser marcado pela abstenção, sem dúvida. Passei em quatro municípios: Itapecuru, Miranda, Bacabeira e Santa Rita e a freqüência estava baixa. Poucos eleitores presentes nos locais de votação.

Já há indicativos de que isso está acontecendo em outros estados da federação. O que houve?

É certo que houve descontentamento por parte dos eleitores diante do nível das discussões travadas pelos candidatos. Faltou sedução e encantamento pelas campanhas.

Os candidatos não são carismáticos, possuem discursos ruins etc. Mas, será que essa desmotivação é culpa só dos dois candidatos? Não. Improvável que exista um só fator contribuindo para isso.

Outros fatores podem ser elencados. Parte dos eleitores do PSOL, Marina, PSTU etc., inclinados ao voto nulo, podem ter optado em simplificar esforço, ficando em casa. Marina teve uma votação expressiva, mas os candidatos das demais legendas não foram tão felizes nas urnas em termos percentuais.

Certamente existem outros elementos ainda não tão bem delineados. Mas destaco dois: a ausência de disputa parlamentar no segundo turno, isto é, deputados arregimentando os eleitores para o voto e a brutal transferência de domicílio eleitoral nas últimas eleições municipais, isto é, aqueles eleitores que passaram a votar fora do local onde reside. No Maranhão isso é um problema sério. Muitos municípios o número de eleitores ultrapassa o número total de habitantes. É como se 200% do município votasse. Lembrando que abaixo de 16 anos não existe eleitor.

No primeiro turno, candidatos, os mais abonados, "ajudaram" nesse deslocamento de eleitores, verdadeira migração eleitoral, mas agora não há mais motivos para investirem nisso. A maioria dos candidatos, depois de cada pleito, sai derrotada. Esses candidatos derrotados estão trocando em miúdos seu calvário eleitoral e poucos continuam interessados em campanha.Os candidatos eleitos, um pequeno número, não vão mais gastar, porques já alcançaram seus objetivos.
Sem o partelalismo, muitos eleitores preferem a justificativa ou a multa de R$ 3,00.  Pois é mais barato do que pagar uma passagem de R$ 30,00, R$ 40,00 ou mais. Por outro lado, muitos eleitores vão ter trabalho na segunda, o que dificulta ainda mais viajar. Teria sido mais conveniente antecipar o feriado do dia 02.

A pouca eficácia da Lei da Ficha limpa, a sessão sem solução do STF não são coisas desconsideráveis. Que motivação vai ter o eleitor de votar se o próprio STF não consegue dizer se a lei vale ou não?

O apoio de Roseana Sarney à candidata do PT foi efetivo nesse segundo turno? Qual o tamanho desse apoio eleitoralmente?

No entanto, considero que essa abstenção guarda outros conteúdos de uma massa silenciosa crescente no interior do eleitorado brasileiro...Isto é, a derrota da Política!









Nenhum comentário:

Postar um comentário

É uma satisfação contar com seu comentário! Obrigado!

Hoje é Páscoa.

sexta-feira, 30 de março de 2018 12:40 Hoje é Páscoa. ·         Por Francisco José A Páscoa é uma data maravilhosa, porque rep...