Pular para o conteúdo principal

PÁSCOA E CAPITALISMO

*

O marxismo vulgar reduziu todas as sagas humanas a uma única praga e a partir de um único olhar: o de Marx. Essa besta avassaladora e que passa a ser o nódulo explicativo, o coringa-mor para todas as desigualdades e violências: o Capitalismo.

Pois bem, se o capitalismo fosse automaticamente extinto hoje, nada garante que sua ausência garantiria felicidade a todos, que milhões de homens e mulheres sairiam da depressão, nem que a dor física cessaria. Tão pouco se teria a garantia de nos livramos do medo e, principalmente, da morte.

A experiência de vida nesse planeta tem se revelado algo muito complexo e cada vez mais o elo perdido apresenta uma nova questão a cada nova descoberta sobre as nossas origens. Porém, a vida não pára, independente disso, a espécie continua se reproduzindo e todos estamos presos no planeta terra diante da imensidão do universo. As questões sobre nossa origem e existência persistem. Como diz Maiakovski: morrer não é difícil... Difícil é viver e seu ofício.

Feito as considerações sobre os limites da culpa do capitalismo, destacaremos sua capacidade de profanar, secularizar, vampirizar e mac‘donaldizar através do feitiço da mercadoria. A Páscoa cristã, assim como o Natal cristão, tem sido alvo constante desse jogo da mercadoria. Os templos do culto materialista de consumo: os shoppings ou xopi mesmo, investem graciosamente para convencer que Natal cristão é um presente, que Páscoa é ovo de chocolate e bacalhau (sempre muito caro e raramente é o bacalhau verdadeiro).

Quem é cristão tem que confirmar que sua Páscoa é JESUS. Todo o significado pascal dos cristãos está em Jesus Cristo.

Jo 1,29: Eis o Cordeiro de Deus (etc);

I Cor 5,7: Purificai-vos do velho fermento, para que sejais massa nova, porque sois pães ázimos, porquanto Cristo, nossa Páscoa, foi imolado.;

Ef 5,2: Progredi na caridade, Segundo o exemplo de cristo que nos amou e por nós se entregou a Deus como oferenda e sacrifício de agradável odor.;

Hb 5, 8-9: Embora fosse Filho de Deus, aprendeu a obediência por meio dos sofrimentos que teve. E uma vez chegado o seu termo, tornou-se autor da salvação eterna para todos os que lhe obedecem, porque Deus o proclamou sacerdote segundo a ordem de Melquisedec. (Sobre a ordem de Melquisedec ver Salmo 109);

Rm 6, 5;6; Se fomos feitos o mesmo ser como ele por uma morte semelhante à sua, sê-lo-emos igualmente por uma comum ressurreição.(...)

Pois sabemos que Cristo, tendo ressurgido dos mortos, já não morre, nem a morte terá mais domínio sobre ele.;

Lc 17,21: Nem se dirá: Ei-lo aqui; ou: Ei-lo ali. Pois o reino de deus já está no meio de vós’.;

Lc 21,28-33: ‘Quando começarem a acontecer estas coisas, reanimai-vos e levantai as vossas cabeças; porque se aproxima a vossa libertação.

Acrescentou ainda esta comparação: Olhai para a figueira e para as demais árvores. Quando elas lançam os brotos, vós julgais que está perto o verão. Assim também, quando virdes que vão sucedendo estas coisas, sabei que está perto o reino de Deus. Em verdade vos declaro, não passará está geração sem que tudo isso se cumpra. Passarão o céu e a terra, mas as minhas palavras não passarão’.

Finalizo com uma das questões deixadas por Jesus Cristo (Lc 20, 41-44):

Jesus perguntou-lhes: ‘Como se pode dizer que Cristo é filho de Davi? Pois o próprio Davi, no seu livro dos Salmos, diz: Disse o Senhor a meu Senhor. Senta-te à minha direita, até que eu ponha os teus inimigos por escabelo dos teus pés (Salmo 109,1). Portanto, Davi o chama de Senhor! Como, pois, é ele seu filho?’.

ELE afirmava que era o verdadeiro Filho de Deus, o Cristo esperado, e que existia antes de existir (aqui).

Bem, eu fico com essa Páscoa, com isso que parece improvável e inútil para muitos. Feliz Páscoa!!!

* Essa imagem é alusiva Lc 21,25.





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AÇÃO DIRETA E LEGÍTIMA DEFESA PACÍFICA

Green Politics must become the Politics of the Regions – all the Regions, from the celestial to the subterranean. Let the next Gathering of the Greens conduct all its business in poetry. This will foreshadow the day when America will be Green. Even better, the day when for a small fee we do an international name exchange and America becomes a large frozen island, while Green Land extends from sea to shining sea. The day when Green Politics rules. The day when the President pantomimes the Inaugural Address and sings the State of the Union in falsetto. The day when the Supreme Court sits naked in powdered wigs and hands down rulings in Pig Latin. The day when the Congress throws a multi-party and dances all the Laws out of existence.(Trecho do The Surre(gion)alist Manifesto , John P. Clark)
É preciso ultrapassar as formas mórbidas e dilacerantes da política atual. Não adianta só as contestações, enquanto persistir seus mecanismos genocidas e desumanizantes é necessário agir diretamente s…

Ação Penal 470 - Filhos do Brasil

                                         Por  Washington Ribeiro Viégas Netto*

"Quando o homem inventou a roda, logo Deus inventou o freio. Um dia, um feio inventou a moda, e toda a roda amou o feio". Zeca Baleiro.

Tenho acompanhado com especial atenção o julgamento do mensalão pela nossa mais alta corte de justiça, o STF. Penso que o resultado ali proclamado nos dará uma medida atual do quanto já nos distanciamos da pecha “república de bananas”; forma de governo que ainda persiste em países destas latitudes. No decorrer de todos esses anos em que tramita o processo, tem sido uma rara oportunidade de o Brasil reafirmar a força e solidez de suas instituições, soberanamente constituídas, quando confrontadas com um, ao que tudo parece, projeto de poder que, por meio de um conhecido método de aparelhamento estatal, tentou um processo de clivagem dessas mesmas instituições. Porém, antes mesmo de iniciado o julgamento, acredito que o saldo é favorável ao Brasil. O Supremo é composto d…

A CORRUPÇÃO NÃO É UMA COISA MENOR

A CORRUPÇÃO NÃO É UMA COISA MENOR A relativização aplicada aos casos de corrupção praticada por parte da “esquerda” (criminosos da “política’) é vergonhosa e irresponsável, mas não deixa ter coerência interna com a doutrina política que abraçam (ao credo religioso que professam). Esse modelo de esquerda existe enquanto séquito e seu ethos é de natureza similar aos ethos encontradas em seitas religiosas. Seguem a apreciação dos fatos e do contexto sob a ferrenha força doutrinária (que diz o que fazer) e sustentada pela fé cega (eles creem por creem, sem se permitir pensar sobre os rumos da sua fé e os efeitos dela sobre o contexto). Essa parte é, sem exagero nenhum, composta por fanáticos. O fanatismo é tão exacerbado que buscam escamotear fatos, em que pese as diferenças e possibilidades interpretativas, são passíveis de verificação por diversos meios. Mas, como fanáticos de tipo de seita, estão mantendo a coerência, pois não só isso pode ser racionalizado a partir da doutrina mãe (marx…