terça-feira, dezembro 17, 2013

Extraordinário caso da Portuguesa: tragédia ou circo?


O caso da Portuguesa ... é algo extraordinário. 
1- a CBF . Como uma entidade desse magnitude de fortuna NÃO TEM INFORMATIZADA AS INFORMAÇÕES BÁSICAS DOS ATLETAS que participam da competição? Como um juiz vai para campo sem receber uma lista com a situação de todos os jogadores? Como um time pode entregar uma lista de jogadores e o jogador irregular não ser descartado automaticamente? 
2- O TÉCNICO - Como um técnico de um time de futebol pode desconhecer a situação de cada um de seus jogadores? Qual a necessidade de de colocar um jogador irregular para jogar aos 32 minutos do segundo tempo? 
3- O ADVOGADO - Quem precisa de um advogado como esse da Portuguesa? Como alguém contratado para defender os interesses de uma entidade não tem como relevante uma situação dessa e ainda vem falar de falha de comunicação? 
4- OS DIRETORES - Onde estavam os diretores de futebol da Portuguesa? Nenhum Diretor acompanha a equipe nos jogos? O Técnico faz tudo sozinho? 
A Portuguesa podia jogar com um a menos, perder o jogo, perder por WO e não seria rebaixada, mas nada disso foi feito. Simplesmente o técnico da Portuguesa fez entrar em campo exato um jogador irregular aos 32 minutos do segundo tempo. São coisas que, sinceramente, causam espanto quando praticadas por supostos profissionais do futebol. 
Isso tem tudo para não ter sido um mero descuido! Estamos diante de uma grande tragédia ou de um monstruoso circo. Mas, como é Brasil... pode ser ambas as coisas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É uma satisfação contar com seu comentário! Obrigado!

Hoje é Páscoa.

sexta-feira, 30 de março de 2018 12:40 Hoje é Páscoa. ·         Por Francisco José A Páscoa é uma data maravilhosa, porque rep...