terça-feira, novembro 06, 2012

2013: 180 dias de crédito total... podendo ser renovado



O voto segue vários caminhos e isso ficou claro diante das sucessivas frustrações de mapear integralmente os níveis  de processamento das escolhas eleitorais. Seus elementos motivadores, as implicações subjetivas e objetivas. 
O voto parece ser afetado por tudo. Tanto vale as dimensões da consciência do conhecimento, como a da falta de consciência do conhecimento. Nem tudo é racional, nem tudo é emocional, nem tudo é consciente e nem tudo é inconsciente. 

As racionalizações são as mais identificáveis, particularmente por assumirem, em data pretérita, a justificação da escolha, que pode estar já adicionada de elementos não cogitados no momento do voto. Na justificação entra tanto o real como o supostamente real, verídico. No final acaba, em certa medida, imperando a necessidade que temos de referências que possas servir na construção dos sentidos das nossas ações quando elas ainda permanecem produzindo efeitos em datas posteriores: o que fizemos sendo transacionado no presente. 
Diante disso, difícil não existirem inúmeros discursos em processos de adequação e ajuste.

Votei contra Castelo, mas sem jamais desconhecer que isso implicaria em votar em Holanda. Ação de votar contra, impedir uma reeleição não cessou outras exigências, a ação que atendia uma necessidade produziu uma nova questão: o que fazer diante do eleito agora, tendo em vista o emprego do próprio voto a favor de tal eleição (?).

O dia 28/10/2012 já está ficando distante e 2013 está se aproximando rapidamente.   Isso só aumentou, em mim, a necessidade de pensar em detalhes essa situação pós-escolha eleitoral. Aproveitei o feriado de finados para refletir e me pautei na arte da imperfeição...  

Diante das condições de carência de São Luís e a situação precária de suas contas, acabei por entender que devo colocar crédito. É preciso acreditar e apostar que as coisas administrativamente deem certo a partir de 2013. Seja quem for o ocupante do Executivo é sempre bom torcer a favor do interesse público, do bem comum. 

Em 2013 vou colocar 180 dias de crédito total na administração do próximo chefe do poder Executivo do municipal de São Luís. É preciso saber esperar minimante para avaliar e poder cobrar. Até é só crédito.... Depois desse tempo tudo vai depender dos resultados. A renovação do crédito até o final do mandato é algo totalmente possível... 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

É uma satisfação contar com seu comentário! Obrigado!

Hoje é Páscoa.

sexta-feira, 30 de março de 2018 12:40 Hoje é Páscoa. ·         Por Francisco José A Páscoa é uma data maravilhosa, porque rep...