Pular para o conteúdo principal

Ilusão de carnaval que custou 9,5 milhões!

Foto capturada na internet. Autor: Preston (?)

TEXTO enviado por Laíse Frasão* :


"No tempo em que se amarrava cachorro com linguiça era conhecido como Capitania do Grão Pará. Com o desmembramento virou Maranhão. Hoje ostenta o título de estado mais pobre do país. Tem o maior número de analfabetos e de desigualdade social. É a terra do latifúndio, falta dinheiro para tudo, educação, saúde e o saneamento básico é uma miragem na capital São Luis. A atual capitã donatária do Maranhão, pertencente ao clã dos Sarneys, atenta a todo o drama social, resolveu investir 2 milhões de reais no desfile da Escola de Samba Beija-Flor, do Rio de Janeiro. Segundo ela é um investimento importante porque vai trazer turistas para a capital" 


Tudo que foi supramencionado pelo respeitado escritor e jornalista Heródoto Barbeiro está correto [e como está!], com exceção de uma informação: não foram "apenas" 2 milhões, mas sim 9,5 milhões.

Tal "investimento" foi justificado por meio de um batido e tortuoso discurso, que visa, na verdade, exaltar a própria vaidade da queridinha do Sarney. A filha do presidente do Senado Federal, José Sarney, afirmou: “Nosso [o do clã Sarney] objetivo é fortalecer o Carnaval e a cultura maranhense. Apoiar o desfile da Beija-Flor é uma maneira de ampliar a divulgação da cultura, das belezas e riquezas do nosso estado para todo o país, com a expectativa de atrair renda e emprego através do fortalecimento do turismo. A partir dessa iniciativa, os próximos carnavais deverão ser ainda mais empolgantes, com nossas brincadeiras tradicionais ganhando destaque e se consolidando no cenário nacional”.

Agora uma pergunta que fica no ar... como este desfile, que por sinal não fez menção aos 400 anos da cidade, sequer destacou outras manifestações culturais do nosso estado [partindo do pressuposto de que não existe nada além do bumba-meu-boi], ou mencionou grandes nomes do nosso cenário artístico e cultural como, por exemplo, Antônio Vieira e João do Vale, irá fortalecer o potencial cultural e turístico do nosso Estado?
A Beija-Flor vendeu uma história tão falsa quanto as propagandas do PMDB! 
Como um samba-enredo fraco e mal fundamentado do ponto de vista histórico e cultural pode trazer tantos benefícios? ou melhor benefícios para quem???
A prova disso é que mesmo com tantas notas 10 [e muitas outras notas de 100,00 que rolaram] a Beija-Flor não levou o carnaval como sonhou o clã Sarney e ainda fez um triste carnaval que refletiu uma triste realidade.
Quando um turista vem ao nosso Estado o que ele encontra não é a beleza do bumba-meu-boi em cada esquina, ou o melhor português do Brasil...mas sim é confrontado com a pobreza, fome, falta de infra-estrutura e uma fila de analfabetos. 
Quantos benefícios poderiam ser repassados para comunidade maranhense com este dinheiro...
Você está em casa, torcendo pela Beija-Flor...achando magnífico tamanha homenagem, chegando a ter orgulho da atitude da sua Governadora!
Enquanto isso, várias famílias gostariam de ter apenas o que comer em casa, ou melhor, ter uma casa!
O povo do Maranhão não mora em casa de taipa porque quer, como afirmou o sr. Murad, mas sim porque nós permitimos que nossos representantes gastem 9,5milhões com alguns poucos e com uma ilusão de carnaval.


* Laíse Frasão
Maranhense, graduanda de Arquitetura e Urbanismo -  Universidade de Brasília (UnB)

Comentários

  1. Muito bom o texto. Fiquei intrigada também por que voltava na segunda feira de carnaval do Rio de Janeiro e o avião da TAM estava lotado de integrantes do boi de Nina Rodrigues e outros e logo pensei... quem bancou essas passagens? as perguntas ficam no ar... O que me epsanta é o fato de a tal escola elegida pela governadora sempre conhecida por fazer desfiles "perfeitos", técnicos e muito bem elaborados, mas o que houve dessa vez? Será desinteresse ou o trevo da familia donatária está murcho? rsrsrsrs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

É uma satisfação contar com seu comentário! Obrigado!

Postagens mais visitadas deste blog

AÇÃO DIRETA E LEGÍTIMA DEFESA PACÍFICA

Green Politics must become the Politics of the Regions – all the Regions, from the celestial to the subterranean. Let the next Gathering of the Greens conduct all its business in poetry. This will foreshadow the day when America will be Green. Even better, the day when for a small fee we do an international name exchange and America becomes a large frozen island, while Green Land extends from sea to shining sea. The day when Green Politics rules. The day when the President pantomimes the Inaugural Address and sings the State of the Union in falsetto. The day when the Supreme Court sits naked in powdered wigs and hands down rulings in Pig Latin. The day when the Congress throws a multi-party and dances all the Laws out of existence.(Trecho do The Surre(gion)alist Manifesto , John P. Clark)
É preciso ultrapassar as formas mórbidas e dilacerantes da política atual. Não adianta só as contestações, enquanto persistir seus mecanismos genocidas e desumanizantes é necessário agir diretamente s…

Ação Penal 470 - Filhos do Brasil

                                         Por  Washington Ribeiro Viégas Netto*

"Quando o homem inventou a roda, logo Deus inventou o freio. Um dia, um feio inventou a moda, e toda a roda amou o feio". Zeca Baleiro.

Tenho acompanhado com especial atenção o julgamento do mensalão pela nossa mais alta corte de justiça, o STF. Penso que o resultado ali proclamado nos dará uma medida atual do quanto já nos distanciamos da pecha “república de bananas”; forma de governo que ainda persiste em países destas latitudes. No decorrer de todos esses anos em que tramita o processo, tem sido uma rara oportunidade de o Brasil reafirmar a força e solidez de suas instituições, soberanamente constituídas, quando confrontadas com um, ao que tudo parece, projeto de poder que, por meio de um conhecido método de aparelhamento estatal, tentou um processo de clivagem dessas mesmas instituições. Porém, antes mesmo de iniciado o julgamento, acredito que o saldo é favorável ao Brasil. O Supremo é composto d…

A CORRUPÇÃO NÃO É UMA COISA MENOR

A CORRUPÇÃO NÃO É UMA COISA MENOR A relativização aplicada aos casos de corrupção praticada por parte da “esquerda” (criminosos da “política’) é vergonhosa e irresponsável, mas não deixa ter coerência interna com a doutrina política que abraçam (ao credo religioso que professam). Esse modelo de esquerda existe enquanto séquito e seu ethos é de natureza similar aos ethos encontradas em seitas religiosas. Seguem a apreciação dos fatos e do contexto sob a ferrenha força doutrinária (que diz o que fazer) e sustentada pela fé cega (eles creem por creem, sem se permitir pensar sobre os rumos da sua fé e os efeitos dela sobre o contexto). Essa parte é, sem exagero nenhum, composta por fanáticos. O fanatismo é tão exacerbado que buscam escamotear fatos, em que pese as diferenças e possibilidades interpretativas, são passíveis de verificação por diversos meios. Mas, como fanáticos de tipo de seita, estão mantendo a coerência, pois não só isso pode ser racionalizado a partir da doutrina mãe (marx…