Pular para o conteúdo principal

(Com alterações) Esperança e Fé - Votos de pesar


Irrestritamente e incondicional presto meus votos de pesar ao pai Flávio Dino, extensivo a toda sua família. Esperança e Fé, na Graça de Jesus! 

Pais não são para enterrar seus Filhos. Parece o lógico, o esperado e até mesmo natural. Vi um tio enterrar dois filhos... Segui o ritual de um dos enterros e vi o caminhar do pai durante o cortejo. Testemunhei o peso da perda naquelas pernas, em cada passo. Fiquei, a minha maneira, chocado. Que peso aquele pai carregava. Passei dias pensando naquilo, de uma reflexão virou um tormento. É duro, sem dúvida. Os pais não são para enterrar filhos.

Não muito tempo atrás, vivi uma outra notícia desse tipo. Morte de um garoto filho de pessoas amigas, queridas..  Casal de amigos (os conheci em tempos de diferentes). Todos amigos dos tempos de UFMA e do Direito. Passei duas horas pensando se ia ou não ao velório do garoto. Na madrugada resolvi aparecer por lá. Entrei no salão do velório e fui até o pai (meu amigo)  e dei um abraço nele, mas ao ver a tristeza e a dor da mãe (minha amiga)... faltou-me pernas. 

Antes desse fato, fui assistir a missa de sétimo dia de falecimento de uma garota, filha de um grande amigo querido. Outro momento difícil. Queria ter dito algo a ele, mas quais palavras? O que é possíveis dizer? Confesso que esse tipo de acontecimento produzem situações para as quais não tenho forças. Por isso, sempre evito estar presente. Covardia? Não. Simplesmente sou tomado por uma paralisia. 

Essa notícia sobre o garoto (Marcelo) do Flávio é lamentável. Muito mesmo.
A vida é curva, definitivamente curva para nossos olhos, para essa forma precária e temporária de existir. O que é a morte? Para que a morte?

A morte não é nada, não pode e não deve ser nada! Não merece ser algo, coisa alguma! Tudo só pode ter sentido pela vida. Tudo isso, esse existir só pode se afirmar pela vida. A vitória da vida, o prazer da vida, a grandeza da vida, o milagre da vida, a esperança da vida. Só me resta isso em formas racionais e religiosas para acreditar, crer piamente na VIDA!

Vivemos e renascemos. Vivemos e essa morte não pode ser mais que a mudança da nossa condição de vida, uma mudança no nosso existir. 

Aqui é o jardim, o local do plantio prazeroso do Criador, onde nós, sementes indócis, somos semeadas para uma germinação bruta, que torna possível o existir dessas plantinhas que precisam ser moldadas com o vento, o Sopro Divino. 

A vida é algo mais, creio profundamente. Não pode se resumir à morte!
A maturação e a tarefa imposta a cada um de nós não seguem esse nosso tempo, nem estão presas aos nossos planos. Segue um curso... para além de todo nosso exercício (válido) de sujeitos capazes de escolhas racionais. 

A nossa impotência é colossal! Certamente essa impotência é nossa e só para nós. Mas graças a isso podemos desfrutar do resgate e da absolvição! É por isso que a infinita misericórdia vem ao nosso encontro. O Grande Criador (Deus singular Amor) sabe de todas as nossas fragilidades e imperfeições.

A vida, sem dúvida, segue uma lógica que foge ao nosso entendimento, mas é algo infinitamente superior e perfeita a tudo que pensamos e idealizamos como perfeito e bom. Essa terra é o campo do grande Semeador. Ele cultiva suas flores, Ele as colhe, Ele define o destino de cada uma, mas as ama igualmente e infinitamente.  

Que a Graça Misericordiosa abrace e derrame sua luz, no amparo dos que sofrem a fim de suportarem aquilo que lhes foge ao entendimento e cujo domínio pertence exclusivamente ao Senhor! 

"Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus, e não de nós.
Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados;
Perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos;
Trazendo sempre por toda a parte a mortificação do senhor Jesus no nosso corpo, para que a vida de Jesus se manifeste também nos nossos corpos. (II Cor. 4, 7-10)

"Ora, quem para isto mesmo nos preparou foi Deus, o qual nos deu também o penhor do Espírito.
Por isso estamos sempre de bom ânimo, sabendo que, enquanto estamos no corpo, vivemos ausentes do Senhor.
(Porque andamos por fé, e não por vista)." (II Cor. 5, 5-7)

Meu Abraço! 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AÇÃO DIRETA E LEGÍTIMA DEFESA PACÍFICA

Green Politics must become the Politics of the Regions – all the Regions, from the celestial to the subterranean. Let the next Gathering of the Greens conduct all its business in poetry. This will foreshadow the day when America will be Green. Even better, the day when for a small fee we do an international name exchange and America becomes a large frozen island, while Green Land extends from sea to shining sea. The day when Green Politics rules. The day when the President pantomimes the Inaugural Address and sings the State of the Union in falsetto. The day when the Supreme Court sits naked in powdered wigs and hands down rulings in Pig Latin. The day when the Congress throws a multi-party and dances all the Laws out of existence.(Trecho do The Surre(gion)alist Manifesto , John P. Clark)
É preciso ultrapassar as formas mórbidas e dilacerantes da política atual. Não adianta só as contestações, enquanto persistir seus mecanismos genocidas e desumanizantes é necessário agir diretamente s…

Ação Penal 470 - Filhos do Brasil

                                         Por  Washington Ribeiro Viégas Netto*

"Quando o homem inventou a roda, logo Deus inventou o freio. Um dia, um feio inventou a moda, e toda a roda amou o feio". Zeca Baleiro.

Tenho acompanhado com especial atenção o julgamento do mensalão pela nossa mais alta corte de justiça, o STF. Penso que o resultado ali proclamado nos dará uma medida atual do quanto já nos distanciamos da pecha “república de bananas”; forma de governo que ainda persiste em países destas latitudes. No decorrer de todos esses anos em que tramita o processo, tem sido uma rara oportunidade de o Brasil reafirmar a força e solidez de suas instituições, soberanamente constituídas, quando confrontadas com um, ao que tudo parece, projeto de poder que, por meio de um conhecido método de aparelhamento estatal, tentou um processo de clivagem dessas mesmas instituições. Porém, antes mesmo de iniciado o julgamento, acredito que o saldo é favorável ao Brasil. O Supremo é composto d…

A CORRUPÇÃO NÃO É UMA COISA MENOR

A CORRUPÇÃO NÃO É UMA COISA MENOR A relativização aplicada aos casos de corrupção praticada por parte da “esquerda” (criminosos da “política’) é vergonhosa e irresponsável, mas não deixa ter coerência interna com a doutrina política que abraçam (ao credo religioso que professam). Esse modelo de esquerda existe enquanto séquito e seu ethos é de natureza similar aos ethos encontradas em seitas religiosas. Seguem a apreciação dos fatos e do contexto sob a ferrenha força doutrinária (que diz o que fazer) e sustentada pela fé cega (eles creem por creem, sem se permitir pensar sobre os rumos da sua fé e os efeitos dela sobre o contexto). Essa parte é, sem exagero nenhum, composta por fanáticos. O fanatismo é tão exacerbado que buscam escamotear fatos, em que pese as diferenças e possibilidades interpretativas, são passíveis de verificação por diversos meios. Mas, como fanáticos de tipo de seita, estão mantendo a coerência, pois não só isso pode ser racionalizado a partir da doutrina mãe (marx…