quinta-feira, maio 13, 2010

GREVE DA UEMA: GOVERNO QUER VOLTA AO TRABALHO


NA NEGOCIAÇÃO ENTRE GOVERNO DO ESTADO, DIREÇÃO DA UEMA E COMANDO DE GREVE NÃO SE FIZERAM PRESENTES OS DEPUTADOS PROFESSORES DA UEMA E NEM O SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO, QUE TAMBÉM É PROFESSOR DA UEMA. ISTO É, PROFESSORES DA UEMA, PRESENTES NO GOVERNO ROSEANA SARNEY, NÃO SE EMPENHARAM DIRETAMENTE EM MEDIAR A QUESTÃO.

EIS O QUE QUER E O QUE PENSA O GOVERNO DO ESTADO SOBRE A GREVE DOS SERVIDORES DA UEMA EM PROL DO PCCS:

"GOVERNO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL
Fonte: Seaps Texto: Érika Rosa   12/05/2010

Governo oficializa aos grevistas da Uema pedido de retorno imediato ao trabalho

Às vésperas de completar dois meses, a greve dos servidores técnico-administrativos da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), poderá ser encerrada nos próximos dias. Em uma reunião realizada, nesta quarta-feira (12), no prédio da Faculdade de Arquitetura da Uema, na Rua da Estrela, o secretário de Estado da Administração e Previdência Social (Seaps), José Henrique Campos Filho, comunicou aos dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores da Uema (Sintuema) que o Governo do Estado não negociará mais com os grevistas, caso a categoria não retorne imediatamente ao trabalho e libere os portões do campus da Universidade para o início do ano letivo de 2010.

“Esta é uma posição do governo, que sempre teve boa vontade para negociar nestes quase dois meses de paralisação. Mantemos a decisão de elevar as gratificações por condição especial de trabalho dos técnico-administrativos, porém a negociação de outros pontos, somente com o imediato fim da greve”, afirmou o secretário José Henrique Campos Filho, que leu aos presentes um comunicado dirigido ao comando de greve, no qual informa o posicionamento adotado pelo Governo do Estado em comum acordo com a Reitoria da Uema.

A Seaps oficializou, nesta quarta-feira (12), este posicionamento por meio de ofício encaminhado à administração da Uema, para que fosse repassado à direção do Sintuema. “Vamos aguardar a oficialização do fim da greve para voltarmos a negociar outros pontos do Plano de Cargos, Carreiras e Salários”, acrescentou o secretário de Administração, se dirigindo ao presidente do Sintuema, Valber Tomé Gomes, e ao presidente eleito Miguel Benedito Santos. Ambos se comprometeram a levar a posição do Governo à apreciação da categoria nas próximas horas.

O reitor da Uema, José Augusto de Oliveira, que participou da reunião, acompanhado do vice-reitor Gustavo Pereira da Costa, e pró-reitores da instituição, afirmou aos representantes do Sintuema que é chegada a hora de encerrar a greve. “Nossa preocupação maior é com os alunos e eles querem voltar às aulas, querem que a Uema volte à normalidade. Não se vê qualquer manifestação de iniciativa dos alunos apoiando essa greve”, pontuou o reitor José Augusto Oliveira.

O auditor fiscal, Akio Valente Wakyiama, que negociou por várias vezes com dirigentes sindicais durante o mês de abril, quando ficou como secretário interino de Administração e Previdência Social, ressaltou aos membros do comando de greve que eles obtiveram vitórias importantes nas negociações. “O governo cedeu, vocês ganharam e agora tem de haver uma compreensão da categoria na decisão pelo fim da greve”, afirmou Akio Wakyiama.

No comunicado lido ao comando de greve, o secretário José Henrique Campos Filho, reafirmou o posicionamento do Comitê Orçamentário, Financeiro e de Política Salarial que indeferiu o processo do Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos servidores da Uema; manteve a decisão de elevar as gratificações por condição especial de trabalho para 100% e de serviços extraordinários para 70%, e por fim, solicitou ao Sintuema o retorno imediato ao trabalho, possibilitando o pleno funcionamento da Uema.

Também participaram da reunião a representante da Associação dos Servidores da Uema (Assuema), Maria do Socorro Carvalho, e as secretárias-adjuntas de Gestão de Pessoas, Maria das Graças Jansen, e de Seguridade Social, Graça Cutrim, ambas da Seaps."







Nenhum comentário:

Postar um comentário

É uma satisfação contar com seu comentário! Obrigado!

Hoje é Páscoa.

sexta-feira, 30 de março de 2018 12:40 Hoje é Páscoa. ·         Por Francisco José A Páscoa é uma data maravilhosa, porque rep...